Imersão VR na RMPI

Imersão VR na RMPI

Fala galera, tudo firme e forte por aí?

Semana passada rolou um evento muito bacana sobre inovação e pude compartilhar a Executation, metodologia utilizada no Validation Rocket, com muita gente fera ligadas à inovação tecnológica. É sempre gostoso ver a Executation sendo aplicada a tanta coisa diferente, e esta vez quem usou e abusou foi o pessoal da Rede Mineira de Propriedade Intelectual.

O XIX Encontro da Rede Mineira de Propriedade Intelectual (RMPI) aconteceu dia 19 de outubro, em Uberaba, e contou com a participação de muitos profissionais dos Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) e palestrantes ultra gabaritados, como Larissa Macêdo, especialistas em propriedade intelectual e responsável por muitas iniciativas inovadoras no Triângulo Mineiro.

Nossa participação, com o tema “Tirando ideias de inovação do papel para o mercado”, fez os participantes saírem de suas zonas de conforto e colocarem a mão na massa aplicando nossa metodologia a projetos de inovação tecnológica. No final teve até uma pequena competição de pitches para dar uma apimentada no clima mais acadêmico. Foi incrível ver a energia nas alturas da turma mais acadêmica se divertindo ao construindo projetos de verdade com a Executation.

Ah! Vale dizer que estavam presentes mais de 20 Instituições de todo estado de Minas Gerais, e ficamos extremamente felizes de levar nossa metodologia e suas aplicações a tantos agentes, fomentando educação empreendedora e ajudando a disseminar conceitos e possibilidades de transferências do conhecimento científico e tecnológico no Estado de Minas Gerais.

Foto do Final do evento na Rede Mineira de Propriedade Intelectual (RMPI)

A Rede Mineira de Propriedade Intelectual (RMPI)

A Rede Mineira de Propriedade Intelectual (RMPI) é uma associação sem fins lucrativos que apoia as instituições científicas e tecnológicas do Estado de Minas Gerais na área de propriedade intelectual e de gestão da inovação, fortalecendo o desenvolvimento da proteção do conhecimento científico e tecnológico no Estado. Todos os anos, 32 entidades se encontram em diferentes cidades para difundir e implementar a política de Propriedade Intelectual, de Transferência de Tecnologia e de Inovação, visando ao desenvolvimento e ao fortalecimento da proteção e transferência do conhecimento científico e tecnológico por meio do apoio às instituições científicas e tecnológicas do Estado.